Memorial de uma tradutora e revisora (1)

Memorial de uma tradutora e revisora (1)

Olá, querid@s amig@s que acompanham a Ipsis Litteris AEL e Ipsis Litteris Cast.
Inicio meu relato  sobre o cotidiano.
Para quem não sabe, atuo como revisora e tradutora de textos jornalísticos e acadêmicos há mais de 30 anos. E no final de 2020, fui convidada para fazer parte de um projeto novo, diferente de tudo que eu já havia participado!
Aquela frase muito usada “sair da zona de conforto” cabe direitinho!
Muita leitura, pesquisa e reflexões em fatos impactantes da história. Tudo isso para entender e traduzir narrativas de vida e luta!
Engana-se, porém, quem acredita ser possível dedicar-se a um único projeto e estar quites no fim do mês com as contas. É preciso disciplina e aceitar outros trabalhos: revisão de artigo, tradução de artigo científico ou elaboração de testes para escolas de idiomas. Enfim, não dá para viver apenas de um projeto cujo pagamento ocorrerá daqui a meses.
Portanto, olhos abertos, propaganda diárias nas redes sociais e networking afinado com os demais colegas do setor. Assim, você pode sempre receber indicações de trabalhos.
É isso!
Até o próximo encontro.
Ciça Lopes

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.