Memorial de uma tradutora e revisora (4)

Memorial de uma tradutora e revisora (4)

Como é a vida profissional de quem há décadas depende de uma máquina?
No início, era a máquina de escrever, mecânica ou elétrica. E os piores dias eram se a fita enrolava ou o tipo desgrudava. Alguns minutos depois ( com os dedos sujos de tinta ou graxa) tudo resolvido.
Aí veio o PC, Windows, 246. Um gigante branco que ocupava toda e escrivaninha, tendo ao seu lado a impressora matricial. Ahhh o barulho daquela senhora ao imprimir era inigualável. Acordava a vizinhança.
Esse tipo de PC permitia muito bem a edição de textos.
A Internet?
Uma senhora desconhecida que fazia coro com a impressora! Se você nunca ouviu o som da Internet discada, não sabe o que é emoção.🤭
E os sistemas:XP🙌🏾Vista 🥴7🤢 10🤮
Laptop. As maravilhas de poder levar pra cima e pra baixo um computador portátil de 10kg! Malhação e trabalho!
Tudo ao mesmo tempo 👩🏾‍💻🏋🏾‍♂️💪🏾
E o notebook chegou para revolucionar! Mas é sensível. Tem lá sua personalidade forte. Fecha e reinicia quando bem entende.😭
Cá estou sem meu Luke. Ele e o Chrome não podem viver juntos. 🥺
Assim, pedi pro técnico despejar o Chrome. Vivo bem com o Safari🤷🏾‍♀️

Querido Luke de 1.3kg, com seus milhares de bytes e arquivos de traduções e revisões, volte pra casa logo!😔

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.